Você tem dificuldade para combinar cores?

Você sente que está sempre presa no preto, branco e cinza? Tem vontade de sair dessa combinação, mas tem dificuldade para combinar cores e se sentir bem com elas?


A questão de combinar cores é realmente um ponto delicado e difícil de se acostumar quando o nosso olhar está viciado no preto-branco-cinza. Pode ser que você até experimente ficar mais colorida, mas se sente estranha, né? Chamando atenção demais, colorida demais.


O vício no preto-branco-cinza de muitas pessoas vem de achar que para se ter um guarda-roupa versátil, é preciso focar nas peças de cores neutras e evitar as cores coloridas. Existe uma falsa ilusão de que para tudo combinar com tudo, precisa ser neutro.


Ou tem até aquelas pessoas que arriscam investir em uma peça colorida, mas depois não consegue criar looks diferentes. Acabam ficando presas a sempre combinar a cor colorida com preto-branco-cinza. Aí não tem jeito: o look se torna marcante e parece que é sempre o mesmo, ainda que varie com acessórios.


Se essas são questões que vivem te rodeando, precisamos conversar sobre a combinação de cores. Lembrando que não existe certo e errado, viu? Existem intenções e mensagens, que quando são entendidas e propositais, tornam o processo de se vestir mais prazeroso - e por que não mais ousado? A ideia é sair da sua zona de conforto e experimentar!


Antes de qualquer coisa: preto combina mesmo com tudo?

Esse talvez seja o maior mito do mundo da moda. Pasmem, o preto NÃO combina com tudo. Isso é explicado porque o preto é a cor (ou ausência de cor) mais escura de todas. E isso faz com que ele nem sempre fique harmônico com cores coloridas mais vibrantes, já que gera um contraste muito grande.


Qual a melhor forma de substituir o preto sem ficar 100% colorida, então?

Olha que incrível: existe toda uma gama de neutros coloridos. A princípio pode parecer que essa expressão seja contraditória e não faça sentido, mas pare para pensar em cores que costumam harmonizar tanto com os neutros preto-branco-cinza, tanto com as cores coloridas. Percebe que cores como bege, azul marinho, vinho, marrom e verde musgo costumam desempenhar bem esse papel?

Os neutros coloridos são ótimas opções pra quem quer começar a inserir as cores no armário e não estranhar a sua imagem coloridona demais.


O círculo cromático ajuda na combinação de cores?

Muita gente aprendeu na escola ou viu por aí em conteúdos sobre moda que o segredo de combinar cores é seguir o círculo cromático. Cores lado a lado combinam porque são análogas, cores opostas combinam porque são complementares, e por aí vai.

Mas a verdade é que o círculo pode ajudar, mas não é determinante para indicar se duas cores vão combinar ou não. Lembrando: essa é mais uma ferramenta para você entender mais sobre a sua intenção ao se vestir, ok? Não existem regras de certo e errado.


O que determina se duas cores são harmônicas?

Agora chegamos no grande truque. Se não é o preto e nem o círculo cromático que vão me dizer como harmonizar cores, o que vai?


>> A intensidade e a vibração das cores. <<


Mas atenção: intensidade da cor não é a mesma coisa que cor clara/escura. É possível ter uma cor clara intensa e uma cor escura suave. Parece confuso no início, mas aos poucos você vai treinando o seu olhar para identificar essa diferenciação e tudo faz sentido. O segredo para a harmonia é coordenar cores intensas com cores intensas e cores suaves com cores suaves. Dessa forma, você vai sentir que as cores têm mais a ver e talvez se sinta menos estranha com algum look colorido.


Se você começar a observar e tentar perceber a intensidade das cores, vai se dar conta do que te incomoda ou não em um look. Talvez o que esteja te impedindo de incluir mais cores no guarda-roupa não seja nem as cores em si, mas o olhar desatento na hora de combiná-las.


Vamos a alguns exemplos?


Combinações de cores mais vibrantes:


Combinações de cores menos vibrantes:


Observando as duas imagens, consegue perceber as diferenças nas vibrações das cores? Como algumas cores "aparecem" mais e outras são mais "apagadinhas"? E ser apagadinha não quer dizer ser clara, percebe? É mais sobre a composição da cor mesmo, sobre a quantidade de cinza que tem naquele tom. Prometo que com o tempo o seu olhar acostuma com esses conceitos e fica mais fácil de identificar!


As cores podem trazer mensagens muito distintas. Cores mais neutras trazem mais seriedade, enquanto cores mais coloridas são mais divertidas. (Mas isso é assunto para um próximo post) Entender o que se quer passar é essencial para conseguir explorar melhor as peças do armário e testar novas combinações.


Por fim, lembre-se de que a sua individualidade e o seu estilo pessoal vêm antes de tudo. Escolher estar harmônica ou desarmônica é uma liberdade sua e vai de acordo com a sua intenção.


Me conta se esse post te ajudou de alguma forma? 😉

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo